sexta-feira, 11 de novembro de 2011

15 anos....

Esta é a tradução do meu amor, uma recordação pra toda a vida, da minha maneira, claro, com o que me importa e deixa feliz: Deus (através desses maravilhosos sorrisos), vida, lembranças, música e fotos...

Gabriel - 11/11/1996


0 dias - 3.670Kg - 50cm
18 dias - 4.300Kg - 51cm
1 mês - 4.890Kg - 54cm
3 meses - 7.350Kg - 61cm
4 meses - 8.400Kg - 66cm
6 meses - 9.100Kg - 67cm
(engatinhava, ficava em pé, comer no cadeirão, 1º resfriado, sentar sozinho)
12/06/1997 - Nasceu o 1º dente


7 meses - 9.200Kg - 68cm
8 meses - 9.700Kg - 71cm
(palminha, dá tchau, dança e canta)
10 meses - 10Kg - 73cm
(dá beijinho)
5/10/1997 - Gabriel andou
11 meses - 10.400Kg - 74cm
1 ano - 11.200Kg - 77cm

A primeira vez que você mecheu dentro da minha barriga eu estava comendo frango com polenta no Demarchi/SBC.

"I was born to love you with every single beat of my heart and I was born to take care of you, every single day of my life" 
I was born to love you - Queen 


Gabriel foi um bebê risonho, alegre. Um presente divino, anjo na minha vida e na vida da minha família. A casa se encheu de luz, de alegria, de vida e de brinquedos, claro.
Só soube que seria o Gabriel no momento do parto, eu não quis saber antes. Suas roupinhas eram em cores neutras...nada de exagero, de quantidade, o quarto dele era o meu (eu morava com meus pais), mas, em contrapartida eu sabia que queria o melhor pra ele: parto normal (respeitei a escolha dele para vir ao mundo na data que bem escolhesse e ele escolheu essa linda data, 11/11) e amamentação. Sua vinda me tornou uma Super Mulher!


"Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer, como é grande o meu amor por você"
           Como é grande meu amor por você - Roberto Carlos

Aos 20 anos eu não esperava nada da maternidade, também nunca questionei a razão de ter acontecido precocemente, e sim, eu entendi o recado de Deus! Acho que por esse motivo foi tudo tão simples, natural e maravilhoso...eu não tinha expectativas.
Gabriel sempre foi moleque de tudo. Brincava, se sujava e se machucava muito e sempre dei o maior apoio (ok, quando sangrava eu corria desesperada). Quer coisa mais gostosa do que poder ser criança? Eu sempre fui moleca e tenho ótimas recordações. Por outro lado sempre fui crica, rígida e sempre disse muitos NÃOs (bem mais que os SIMs!).
A novela da época era Zazá, com a Fernanda Montenegro. A abertura começava e lá vinha você, se segurava no armário e ficava dançando e cantando (do seu jeito): Cadê Zazázazazaza...


"Meu coração pulou 
Você chegou, me deixou assim
Com os pés fora do chão
Pensei: que bom
Parece, enfim, acordei
Pra renovar meu ser
Faltava mesmo chegar você
Assim, sem avisar..." Frisson - Tunai

Recordação: Sempre detestei dormir sozinha, mesmo morando em apartamento. Em uma ocasião, Gabriel ainda bebê, estávamos só nós em casa. Chovia muito, muito mesmo. Ele acordou para mamar na madrugada e, quando acendo a luz do abajur, NÃO tem luz. Lembro-me de que eu só conseguia enxergá-lo mamando, pela claridade dos relâmpagos. E por incrível que pareça, mesmo indefeso, ele já me transmitia segurança.


Antes dele chegar eu não tinha trabalho fixo, profissão e, com a chegada deste anjo, tudo deslanchou. Costumo dizer que os pais devem se preparar pois, com a chegada de um bebê, coisas boas, milagres mesmo, acontecem.



Fato engraçado: minha mãe levou Gabriel para tomar vacina. Ele saiu correndo e se escondeu dentro do banheiro...precisou de algunS enfermeiros para tirá-lo de lá.

Internet foi chegar em casa vocÊ já tinha uns bons anos...e, se naquela época existisse máquina fotográfica digital? Acho que iria gravar a cada 1 hora sua de vida, que sorte a sua. Você já me chama de japonesa por isso, imagina do que se livrou...



Não foi fácil entender que ele era uma pessoa diferente de mim. Com necessidades, vontades próprias e gênio forte....
O 6º sentido, o bom senso, a maneira como fui educada e meus próprios erros (sim, errei e erro), ajudaram muito na educação que dei e dou a ele. Amo, dou carinho mas cobro, dou bronca, castigo e etc.


“You just call out my name, and you know wherever I am I'll come running to see you again. Winter, spring, summer or fall, all you've go to do is call.  And I'll be there, yes I will.
You've got a friend”
You've got a friend James Taylor


Recordação: Lembro dos incontáveis cafés da manhã de aniversário, em Peruíbe, que ele, cheio de vergonha, me levava na cama...das músicas cantadas nas festas da escola, dos cartões guardados...



"May the good Lord be with you down every road you're on And may sunshine and happiness, surround you when you're far fromhome And may you grow to be proud, dignified and true And do unto others as you'd have done to you Be courageous and be brave And in my heart you'll always stay Forever young, forever young, forever young May good fortune be with you, may your guiding light be strong Build a stairway to heaven with your prince or your vagabond And may you never love in vain And in my heart you will remain Forever young"
Forever young - Rod Stewart


Seu bem estar e futuro sempre foram minha prioridade. Tinha muito claro em minha mente que, trabalharia o necessário, mesmo que eu ganhasse pouco e tivesse que abrir mão de coisas minhas, ele estudaria em uma boa escola particular. Infelizmente não confio da Educação Pública de nosso país, bem que gostaria.



"Nem o sol Nem o mar Nem o brilho Das estrelas Tudo isso Não tem valor Sem ter você...
Sem você Nem o som Da mais linda Melodia Nem os versos Dessa canção Irão valer..."
Quando te vi - Beto Guedes


O mundo lá fora pode ruir, eu posso sentir dor, mas vê-lo bem me faz esquecer de qualquer contratempo, os problemas passam a ser detalhes.



"The moment I wake up
Before I put on my makeup
I say a little prayer for you
While combing my hair, now,
And wondering what dress to wear, now,
I say a little prayer for you
Forever, and ever, you'll stay in my heart
and I will love you"
I say a little pray for you - Diana King


Desde pequeno fez amizades por onde esteve, nas escolas, na praia, no futebol, no clube, nas festinhas, mesmo sozinho ele chegava de mansinho e quando eu olhava, já estava enturmado....Gabriel fala pelos cotovelos e joelhos, não importa se o ser tem 6 meses ou 80 anos, ele sempre encontra uma maneira de interagir. E a vontade de nos fazer rir? Piadas e fatos engraçados é com ele mesmo.



"Every single day Every word you say Every game you play Every night you stay I'll be watching you"
Every breathe you take - The Police


Em uma palestra da Miriam Leitão ouvi (e concordei!) que não temos que ser amigo de nossos filhos. Porque amigo não coloca limites, não cobra, quando jovens, aprovam (e participam) as irresponsabilidades e não dizem não. Já os pais sim, devem fazer tudo isso e muito mais.
Meu objetivo não foi e não é esse (ser amiga). Mas percebo que os limites impostos fizeram com que ele se sentisse seguro e a vontade para conversar sobre assuntos delicados, para me contar montes de detalhes, veio naturalmente.


"Que faz eu pensar em você e esquecer de mim que faz eu entender que a vida é feita pra viver"
É o amor - Zezé e Luciano
Fato: Gabriel é teimoso e respondão, não sei a quem puxou. rsrs

Ano passado veio com a idéia de parar de me chamar de mamãe, afinal, já estava grande, sentia vergonha de me chamar assim na frente dos amigos. Até pra vovó sobrou. Mas conversei e, me chamar pelo nome também não! Mãe não pegou e o mamãe continua firme e forte (vivaaaa :o)) e ele só me chama pelo nome quando quer armar uma comigo, ou me ver por alguns instantes com cara de brava.


Aqui não deveria ser local para defeitos (??!!). Tenho que dizer ue, infelizmente, ele me dá muito trabalho para estudar. Minha luta pra que ele se comporte na classe, faça lições e estude é diária. Ele é extremamente impaciente, inquieto, questionador e tagarela. Quanto trabalho, dor de cabeça, reclamação e recados. Onde mora a perfeição, né?! O que realmente me tranquilizava nesses momentos foi observar que muitos de nossos grandes executivos e pessoas que admiro profissionalmente eram exatamente assim. (não vou deixá-lo ler isto tão cedo)
 Tempos atrás procurei, para tirar toda e qualquer dúvida, um neurologista. E ele não foi diagnosticado hiperativo. Então, jamais daria algo para que ele se aquietasse, como foi a sugestão de alguns. Tá doido? Esse é o meu menino, único.

Gabriel é carinhoso no estilo dele, claro, achei que na adolescência isso iria mudar, que ele poderia ficar mais arredio. Em partes, sim. Mas vira e meche ele vem, me abraça, me beija...e sinto que sempre será assim. A nossa cumplicidade, pois por muito tempo fomos só nós 2, é maravilhosa.
Quando ele está “virado”, que não quer papo de jeito nenhum, peço a ele que me avise. Porque às vezes ele vem com 4 pedras na mão e não mereço, né?! Ok, é difícil ficar sem saber das coisas, dos detalhes (nós, mulheres...rsrs), mas tenho que respeitar, não tem jeito.


"He’s got his mother’s eyes
There’s gladness in his heart
He’s young and he’s wild
My only prayer is, if I can’t be there,
Lord, protect my child
As his youth now unfolds
He is centuries old
Just to see him at play makes me smile
No matter what happens to me
No matter what my destiny
Lord, protect my child"
Lord, protect my child - Bob Dylan


Orgulho: Gabriel acorda sozinho, todos os dias, às 5h da matina pra ir pra escola. Como não o vejo de manhã, quando vai chegando o niver dele, coloco post its com a contagem regressiva.

As vezes me chateio achando que fiz pouco, que deveria ter feito mais, ficado mais com ele, passeado mais, estado mais presente ou pegado mais leve. Mas, lá no fundo sei que fiz, simplesmente, o melhor que eu poderia ter feito.



"Você é a escada da minha subida, Você é o amor da minha vida, É o meu abrir de olhos do amanhecer,
Verdade que me leva a viver.
Você é a espera na janela, A ave que vem de longe tão bela, A esperança que arde em calor, Você é a tradução do que é o amor."
Esperando na Janela - Cogumelo Plutão

Desde pequenino me preocupei muito com os males deste mundo louco, onde a velocidade da informação faz com que os jovens queiram experimentar tudo e rápido. Sexo, drogas e violência já fazem parte de nossos papos há alguns anos. Informação, na hora e medida certa, é muito importante e nunca é demais.


Gabriel se tornou um menino/homem educado, respeitoso, que ajuda até cegos e velhinhas a atravessarem a rua, que dá lugar às grávidas e idosos no coletivo. Meu orgulho!! Devo muito ao fato de tê-lo colocado logo cedo no escotismo (detalhe do olho roxo) onde reforçou valores e, principalmente, aprendeu a andar com os próprios pés..


Um dia ele me disse não gostar de ter uma mãe tão jovem mas, passado pouco tempo mudou de opinião. Provavelmente porque não é qualquer mãe que aposta corrida, joga futebol, assobia bem alto com os dedos, entre outras molecagens. Agora quando saímos ele gruda em mim, é realmente meu segurança. Me dá bronca, me protege ...vai um homem olhar pra mim na rua pra ver como o bichinho fica...morro de vergonha.



"Esse imenso, desmedido amor Vai além que seja o que for Vai além de onde eu vou Do que sou..." Linha do Equador - Djavan

O sonho dele era engessar um braço, perna e em uma das suas pancadas mais fortes que tomou no futebol lá fomos nós, mais uma vez (sim, pancada na cabeça, nariz quebrado, dedo assim, dedo assado...), pro pronto socorro, não teve que engessar, mas o bonitinho ganhou uma bela tala. Ele ficou todo todo...mas o sonho acabou rapidinho e em 5 dias ele arrancou tudo. Engraçado, a vontade não voltou mais.


“E as coisas lindas são mais lindas
Quando você está
Hoje você está
Onde você está
As coisas são mais lindas
Por que você está
Onde você está
Hoje você está
Nas coisas tão mais lindas”
As coisas tão mais lindas – Nando Reis

Na educação dele eu sempre pensei a longo prazo. O que eu faria para que ele se tornasse uma pessoa, um homem, especial, feliz, correto. Ainda mais com a inversão de valores que o mundo se encontra, é tão difícil. Mas sinceramente eu acho que tenho feito um bom trabalho. Deus me confiou uma vida e tenho feito por merecer este presente.

Ano passado perguntei se ele me achava uma boa mãe, ele chegou em uma idade que já entende de questões mais profundas como essa. Ele respondeu que sim. Perguntei novamente, incluindo a parte de eu ser chata, exigente, crica e etc. E ele disse que mesmo assim me achava uma boa mãe. Ganhei meu dia, ganhei meus 15 últimos anos, e literalmente "me achei". Desde então tenho certeza que cada NÃO valeu a pena, que nenhum fio de cabelo branco veio em vão. Foi plantar para colher. Sim, deu e dá muito trabalho, mas meu menino é prova viva de que dá certo. O que eu quero mais? Quero mais é que ele continue com esse sorriso lindo, cativante, com esse bom humor que chega a ser irritante, com essas piadas que ele tanto gosta, que ele continue sendo amigo, simpático, gente boa, pau pra toda obra, inteligente, que continue respeitando as pessoas independentemente das diferenças e que seja muito, muito feliz.



Hoje, quando ele vem me contando suas peripécias, coisas que o deixam feliz, brincadeiras dele e dos seus amigos, até mesmo os absurdos e afins, sobre as aulas de muay thai, eu me empolgo junto. Consigo reviver um pouco das gostosas sensações, desse fôlego todo, das descobertas de quando eu tinha essa idade. Isso renova minhas forças e é claro, nos momentos de estresse, arrepia mesmo!!

Pelo fato de eu ser uma mãe/moleca eu e Gabriel as vezes temos umas brincadeiras um tanto “brutas”, sustos fazem parte do nosso cotidiano, eu gosto de dar tapas na nuca dele, como fazia com os meninos no colégio...lógico que as vezes rola um estresse, mas na maioria das vezes, é muita risada.
 Luta já não dá pra brincar, ele já é mais forte que eu há anos. :o(


“Quando olho no Teu olhar,
Eu vejo que sou tão feliz
Você chegou pra me alegrar
Ter você é tudo o que eu sempre quis
Cada dia mais eu quero dizer: Amo Você

Desde o dia em que você nasceu
Tanta coisa linda me aconteceu,
Mas nada pode se comparar

No meu colo quero te acalentar
Nos meus braços quero te consolar
Porque quando olho no teu olhar, eu vejo Deus

Quando um dia você chorar,
Lembra que eu estou aqui
Mamãe vai te ajudar
Quero ver você brincar e sorrir
Cada dia quero dizer: Amo Você”
Canção para meu filho – Eyshila


Me emociono muito lembrando de todo o trajeto percorrido nesses 15 anos. Me emociono e não paro de agradecer, eu sou, nós somos, MUITO abençoados.

Sim, hoje é dia de me ajoelhar e agradecer a Deus por tanta saúde, por tanta vida que ele tem. Agradecer esse amor que nem cabe aqui dentro. Agradecer por protegê-lo de toda pancada, de todo mal...


Tenho ciência que ele vai detestar isso daqui, eu escrever sobre ele e tal, mas, daqui a alguns anos (ou quem sabe somente quando ele for pai) vai se emocionar ao ler esta recordação feita com tanto carinho...afinal já faço declarações há tanto tempo ...como aqui aos 13, aos 10 e por aí vai...

“Por ser exato
O amor não cabe em si
Por ser encantado
O amor revela-se
Por ser amor
Invade
E fim!”
Pétala - Djavan

Parabéns para o amor dos meus amores, para quem há 15 anos faz meu coração bater mais forte, melhor... certamente são os anos mais felizes de toda a minha vida. Vida? Eu só me lembro dela depois de você ter chegado, filho.


Parabéns pelos 15 anos e obrigada, pois hj sou quem sou, gracas a você e à todos os obstáculos que passamos juntos!

Que Deus acompanhe seus passos, abençoe e permita o melhor para você, para as suas decisões, e mantenha essa felicidade, esse sorriso, tão lindo, no seu olhar.