segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Motivos pra agradecer....Carnaval.

Eu gosto de Carnaval desde que me conheço por gente. rs
Desde que minha mãe decidia qual fantasia eu vestiria.
Das matinês.
Esperar alguém abrir a boca e jogar confete lá dentro. rs

Até a Amy quis desfilar no meu Carnaval!!rsrs
Os bailes de clube quando a brincadeira já era mais séria. rs
Na adolescência não queríamos nos fantasiar, íamos tipo balada.
Mas Alalaô nunca faltou. Nem samba no pé. Eu sempre digo que o sangue que corre nas minhas veias é de negona...porque danço e sambo do começo ao fim messsssmo!! To nem aí! Tanto, que filmar fica sempre difícil, de tanto que a máquina/celular tremem!!rs



Eu não me lembro de ter sonho de desfilar em escola de samba, mesmo desde sempre ter amado ver os desfiles do RJ na TV, mesmo sabendo tantas e tantas letras de cor.


Eis que, ao passarmos a frequentar os Gaviões da Fiel Torcida, junto, nos veio a oportunidade de desfilar no Carnaval.

Começou como brincadeira e por mais de 10 anos virou "necessidade". Como esperávamos o momento de pegar nossas fantasias ou nossas camisas, a ansiedade dos dias anteriores, a farra do dia D até entrar na Avenida. Mesmo quando o desfile é as 5:00am, somo neste ano. Gás só falta depois, antes e durante é muita alegria e risada, fato!
Sempre delicioso, sempre emocionante, sempre cercado de amigos e bagunça.
Eu e minhas amigas não chegamos a um acordo de em qual ano começamos a desfilar (98, 99 ou 2000 é a dúvida rs), mas nos lembramos rindo muito de algumas fantasias que já apertaram a nossa cabeça. rs



No RJ eu sou Mocidade Independente de Padre Miguel, desde o "Vira Virou", "Sonhar não Custa Nada", ela ganhou minha torcida e meu coração. E em 2014 eu pude realizar mais esse sonho, conhecer a Marquês de Sapucaí e vê-la desfilar. Que coisa MAIS LINDA! Uma emoção sem tamanho. Eu pulei, sambei, berrei tanto, mas tanto....o vídeo não me deixa mentir!!rs


No RJ ficamos na Lapa....creio que o bairro perfeito pra quem gosta de agito. No mínimo dois barezinhos por quarteirão, com muito samba, gente fantasiada 24h por dia, muita música, sensacional.

Agora é a vez dos bloquinhos que aqui em SP viraram febre. Tirando o empurra - empurra que às vezes assusta, é tudo uma delícia. Música, bagunça, amigos....combinação perfeita!!


Agora depois de grande a vontade de fantasiar-se voltou com tudo, fico planejando o que eu usarei nos dias de folia...

Minha família é tão bagunceira que ao longo dos anos eu e mamãe fizemos a nossa caixa (daquelas enormes) carnavalesca, itens que guardamos de festas, casamentos e etc. E dentro dela tem coisa pra caramba. Colares, máscaras, barulhos, então, tem coisa pra mim e pras amigas, sempre!!rs


A paradinha da bateria me arrepia dos pés à cabeça e ter a possibilidade de estar tão perto dela, por tantas vezes, me dá incontáveis razões pra agradecer:

Obrigada, Senhor!!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Motivos pra agradecer....Vai Corinthians!!

"Corinthiano, maloqueiro e sofredor...graças a Deus!!"

O que vou dizer aqui eu já disse algumas outras vezes, em algumas declarações que já fiz...

Venho de uma família de corinthianos, pai, avós, irmão e, como todos gostam MUITO de futebol por aqui, posso dizer que somos apaixonados, sim!

O meu primeiro jogo foi no Morumbi, 93 ou 94 não me recordo bem...daqueles jogos do campeonato paulista à tarde. Uma amiga minha me levou. Depois de pouco tempo fui à Gaviões da Fiel me tornar sócia. E nunca mais deixei de ir aos estádios. Eu curto uma muvuca, eu curto a alegria da galera, quanto mais gente feliz, melhor, os cantos (sou daquelas que canta os 90'), cantar o hino, todas as maneiras de extravasar.


Eu já fui à jogo sozinha, já tomei muita chuva na cabeça, já vi o meu time muitas vezes campeão ao vivo e a cores (que é bem mais emocionante), já me entristeci algumas vezes, já chorei de emoção, já quebrei óculos escuros e já tomei muita cotovelada depois do gol, já caí da arquibancada (e algum santo me segurou) depois do poropopó, já me queimei com faísca de fogos de artifício (quando eram liberados), já baixou muita pressão e precisei de água, já xinguei muito juiz.

Uma das coisas mais loucas era chegar no Pacaembú (meu xodó) e, passando pela revista, a cada passo, o som da torcida ia aumentando...e meu peito enchendo de alegria e ansiedade. Que delícia! Que saudade!

Já viajei pra ver o Corinthians: Campinas, Floripa, Salvador, Porto Alegre, já vi o Corinthians até em Orlando, já madruguei pra vê-lo, como na final do Mundial 2012 em que passamos a madrugada acordados pra acabar num grito de campeão.

Hoje ficou caro ir ao estádio, ficou longe, mudaram as prioridades. Mas a quantidade de inúmeras e hilárias histórias faz com que essa chama não se apague jamais.

Na libertadores, aquele jogo contra o santos, com o gol mais que chorado, fomos ao Mc jantar (porque quem diz que antes de jogo decisivo, tamanha ansiedade, dá pra comer??), e aí o Mc virou festa, todo mundo cantando, batendo palma à 1 da madrugada;

No jogo de Porto Alegre, final da Copa do Brasil, o taxista nos deixou no meio da torcida do Internacional....por sorte estávamos à paisana...momentos tensos;



Eu tinha uma superstição, na verdade, 2: meu brinco de jogo era sempre o mesmo, e, quando os jogos eram aos domingos, eu sempre colocava Bolero de Ravel pra escutar antes. Aquela música crescente me remetia à garra dos jogadores, uma coisa meio, totalmente, louca, eu sei rs;

Quando mais nova eu não usava nada verde rsrs, agora passou;

Ao conhecer Raí e pedir autógrafo pra minha mamãe, não pude deixar de dizer que era corinthiana e, claro, lembrá-lo dos inesquecíveis DOIS pênaltis cobrados por ele que o Dida pegou, educado que só, ele (lindamente) sorriu;

Vários e vários almoços de Dia das Mães eu perdi, caraca, porque os jogos decisivos de Campeonato Paulista tinham que ser quase sempre nessa data?? Mamãe não gostava, mas entendia rs;

Nova York, Times Square, eu com a bandeira do Timão na mochila....deu nisso:


Os guardadores de carro, tanto do Paca quanto do Morumbi já nos conheciam, também, não era normal 4 meninas, sempre as mesmas, indo ao jogo do Timão;


Me lembro daquele jogo Corinthians contra o Santos, gol do Ricardinho aos 48' do segundo tempo     (dia das mães - eu não disse? rsrs), tão suado que mais pareceu final de campeonato (era uma semifinal e Corinthians necessitava daquele gol), após aquele gol suado, chorado, voou uma muleta arquibancada abaixo...eu juro!!rsrs;

Corinthians x Vasco, 1995, Copa do Brasil, fui sem ingresso, estava tudo esgotado. Aquela época o ingresso era de papel e a lábia feminina e a carinha de tristeza venceram hehehe;

Gabriel pequenino, 3 anos acho eu, naquela época só podia entrar com 5, não teve jeito, tive que subir a escadaria do Paca correndo depois de ter passado pelo juizado de menores batida, até ouvi uns gritos de pára ela, mas com meus filho nos braços eu corri, corri tanto que nem o Mirandinha (corinthianos entenderão!!rs) me pegaria, me escondi no meio dos torcedores e, com emoção, claro, foi o primeiro jogo do Gabriel;

Corinthians Centenário, 2010, Vale do Anhangabaú. Madrugada lotada de Corinthianos no centro histórico de SP, pra onde você olhava, nas ruas, restaurantes ou no metrô, e daí que dia seguinte tínhamos que trabalhar? O Corinthians merece!! A festa foi linda, linda, que eu, nossa cidade e o mundo nunca virão nada igual.



E tem aquelas que a gente tem vergonha de contar....rsrsrs:

Eu encontrei o Paulo Nunes na balada, antes dele jogar no timão e, como não falo palavrão, disse cara a cara, que tinha nojo dele (e tenho até hoje rs), ele olhou e não entendeu nada e eu saí andando;

Num show do Emmerson Nogueira, com mamãe e uma amiga, o cantor se apresentando e, ah, boa noite São Paulo pra cá, SP pra lá, não me aguentei e, quase sem querer querendo, saiu um sonoro CORINTHIANS!!rsrs Mamãe não gostou, e eu quase me escondi debaixo da cadeira rsrs.

Tem muita história engraçada, muita foto perdida, MUITO amor envolvido.

Eu sempre digo que se não fosse corinthiana iria achá-los chatos pra caramba...ô raça insuportável. rsrs

Como eu digo, não acho que ser Corinthiano é ser melhor, apenas acho que sou infinitamente mais feliz assim!!


Obrigada, Senhor!!

O Corinthians me trouxe também o CARNAVAL.........

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Porque uma festa é pouco....

...pra tanto de vida que eu tenho pra celebrar!!!!


Festa, Festa, Festa!!!

Eu AMO festejar. Eu amei preparar cada festa dessa, ainda mais pros meus 40, com que sonho há tanto tempo. E elas não poderiam ter sido melhores.

Amigos, música, alegria, gente feliz....um monte de AMOR!

Tô FELIZ e realizada, ainda comemorando, até os 4.1!!!

Obrigada, Senhor!!!


quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Motivos pra agradecer....rir de si mesmo!!!


Ficou marcada na memória uma manhã em que eu descia a Rua Augusta pra ir trabalhar. O chão era daqueles bloquinhos de pedra. Sei lá se eu virei o pé ou o que é que foi, só sei que me estabaquei na rua. Claro, nem olhei pros lados. Só sei que eu ri, mas como eu ri, devo ter descendo a rua inteira rindo. Não lembro se rasguei a calça, só sei que marquei os joelhos. Ah, eu também, distraída, já dei de cara no poste....e ri.
Eu já errei o lado do metrô.
Eu sou super destrambelhada, vivo cheia de roxos.
Eu sou palhaça, adoro rir e fazer rir.
Mas não sei contar piadas. Na verdade, não as lembro.


E eu acho que essa virtude, sim, eu acredito que seja, é um dos muitos motivos pra agradecer.

Acredito que tudo tem uma razão de ser, de acontecer, ok, levar tombos talvez não tenha rs, mas ser "easy going", ter bom humor (ok, nem sempre, se me fizer esperar muito, verá que não rs), ajuda a ter dias bons e sem dúvida ter uma vida melhor.

E eu agradeço sempre esse jeito que Deus me fez: feliz, palhaça, meio boba.


Obrigada, Senhor!!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

O samba vem me chamar...

Os 4.0 já chegaram e vieram com TUDO!!

"Eu sou é da Gaviões da Fiel...
eu sou da vida...
Eu fico todo arrepiado,
Olha,
Quando eu entro na avenida..."


E uma das festas foi estar na avenida, grudada na bateria da minha escola do coração!! 

Meu sorriso diz tudo: 4.0 F-E-L-I-Z!!

Eu tenho mesmo muitos motivos pra agradecer!!!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Milhões de motivo pra agradecer....Pôr do Sol!!!

Eu sou uma amante dos detalhes...
Eu sou uma amante da natureza...
...quem me conhece, sabe!

Eu teria milhares de fotos pra colocar por aqui de pôr do sol, de bichinhos, de luas, de mato...só não tenho tempo pra procurar nos meus inúmeros sites virtuais!rs

(fui buscar mais algumas, volto já!rs)


Uma vez fizemos uma viagem longa, bem longa, e eu dirigia. No final do primeiro dia, em Carmel/CA/EUA, chegamos depois de muito desespero, ruas afuniladas, berros da motorista (eu) com sinais fechados, e - GAD - um local pra estacionar na boca do gol, um dos mais lindos (pelo fato do sol descer no horizonte, no oceano) e coloridos pores do sol da minha vida. Chorei de alívio e emoção! Foi uma aventura e tanto. No dia seguinte, também de estrada, o céu e o sol estavam maravilhosos, portanto, seria mais um lindo pôr do sol. Acelerei mais ainda afim de chegar na praia de destino a tempo do espetáculo, mas desta vez não deu, mas vi e fotografei um crepúsculo ímpar e inesquecível. Depois dessas, fiquei conhecida como a maluca do pôr do sol.


Em São Paulo temos a Praça do Pôr do Sol...já fomos várias e várias vezes só pra contemplar e bater palmas (eu bato!!) pra essa coisa linda, essa despedida do astro rei.

Não é a toa que um dos meus sonhos é ver o Pôr do Sol lá no Rio Paraíba, em João Pessoa, ao som do tão amado e por aqui escutado, Bolero de Ravel.

Sou muito agradecida pela sensibilidade de me importar (e emocionar) com detalhes e por ter tido a oportunidade de ver incontáveis e dos mais variados tipos e locais, o Pôr do Sol.

E isso eu não me cansarei JAMAIS!!

Obrigada, Senhor!!


Ahhhhhhh e mais um VIVA BEEEEM grande pra tudo aquilo que o homem não precisou colocar a mão!!!


segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Motivos pra agradecer.....praia!!!

Praia....Mar....

Tem vezes que só ela é capaz de ajudar a lavar a alma....água salgada...barulho do mar...vento na orla...

Eu posso afirmar que já se vão quase 40 anos de praia por aqui...ininterruptos!!! Perdi as contas de quantos aniversários meus foram na praia....na mesma praia....aquela que eu tenho um carinho imenso e não canso de olhar as mesmas e ao mesmo tempo tão diferentes paisagens...uma praia consegue me acalmar como ninguém. O cheiro, os barulhos...me lembro, com saudosismo e alegria de queimar os pés no paralelepípedo quente (e continuar a andar descalça); de arrancar vários tampões dos dedos pra brecar a bicicleta; da nossa tchurma brincando na rua enquanto as famílias ficavam sentadas na calçada; de passar óleo de cozinha no corpo pra ver se ficava queimada mais rápido; de fechar a avenida da praia num cordão humano pra fazer pedágio; de pedir carona pra ir e voltar da única balada existente; de fazer novas amizades a cada férias e a alegria de carregar alguns desses amigos até hoje; da ansiedade de chegar lá e ir direto pra casa dos seus amigos revê-los depois de longos meses; de pular muros de casas, sem gente, pra usar a piscina; de acelerar a mobilete  no máximo; de vomitar até as tripas de tanto beber porradinha; dos cochilos na rede depois de uma manhã inteira de praia; de pegar carrapatos na ninhada da cachorra do vizinho; dos jogos de tabuleiro até esperar o sol baixar e poder sair novamente; do Gabriel pisando no mar pela primeira vez; das guerras de coquinho e da rivalidade das ruas 1, 2 e 3; de ter aprendido a andar de bicicleta a partir da rampa da garagem; de ter visto o filme Poltergeist e não conseguir dormir depois; de estar no quarto da frente e, mesmo há um quilometro da praia, conseguir ouvir o barulho do mar; da alegria de não tomar banho de chuveiro, só de ducha; dos incontáveis banhos de chuva no verão; das corujas e dos pássaros tão presentes por lá; da lua cheia refletida naquele mar...ahhh aquele mar....pode não ser o mais bonito que já vi, mas sempre será o mais bonito que já vi (vi)!!!


Quando a minha bateria está por um fio é na praia que eu a recarrego....

E olhando ou andando naquela paisagem eu faço a minha silenciosa oração, aquele barulho, naquele visual que, pra mim, é a conexão mais direta minha, com Deus.


Gratidão pelas incontáveis praias que eu já tive o imenso prazer em conhecer!!!

Obrigada, Senhor!!!


sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Motivos pra agradecer...Música!

Eu não sei....mentira, sei sim de onde vem essa paixão pela música!!rs

Uma das minhas poucas memórias de pequena (infelizmente não me lembro muito de quando era criança) era o quanto meus pais eram ecléticos e o quanto nunca faltou música, BOA, na minha casa ou nas viagens de carro (e olha que já fizemos SP/Natal - com paradas - de carro...). Música, muita música.


Me lembro de ouvir Carly Simon, Supertramp, Stevie Wonder, Milton, Caetano, Rita Lee, Morais Moreira, Pink Floyd, música clássica, de alguns lembro até as capas de LPs que tínhamos lá em casa.

E essa paixão nunca, nunquinha saiu de mim.



Na minha adolescência fui agraciada por estudar no Colégio Objetivo e, por três anos, ver shows do Capital Inicial, Barão, Paralamas (como eles estudaram lá, em três anos vi três shows de cada um deles...), Gilberto Gil, Lulu Santos e mais um montão de coisa boa que me fazia esgoelar de tanto cantar e dançar naquele ginásio do Ibirapuera.


Já com Gabriel nascido, o Pão de Açúcar fazia shows MA-RA-VI-LHO-SOS (e gratuitos) no Pq. do Ibirapuera. Shows ao ar livre, em contato com a natureza são ainda mais especiais pra mim. Vimos vários artistas de pertinho: eu, mamãe espevitada e filho no cangote... e como pulávamos.


Ano passado eu tive a maravilhosa experiência de ver uma Ópera no Theatro Municipal de São Paulo...e disseram que já comecei logo pela melhor: Carmem. Foi linda, lindíssima, fiquei extremamente emocionada, principalmente pelo sangue espanhol que corre em minhas veias e jamais me esquecerei da sensação da nota maior da soprano. Não tem coisa igual. É tipo desfile de carnaval pra quem gosta, tem que ir pelo menos uma vez na vida!

E depois dessa listinha ainda vieram: Rod Stewart, Ivete e Criolo cantando Tim Maia, Seu Jorge, André Rieu, Charlie Brown, Pitty, Milton Nascimento e Lô Borges e muita música clássica no parque.)

Meu primeiro showzão foi o do Menudo. Mamãe teve a "sorte" de me levar em um e papai em outro. Papai conta que chovia horrores no estádio do Morumbi mas eu não arredava pé, e não parava de cantar, chorar e dançar, tudo ao mesmo tempo, com aquela faixa linda de fã na cabeça.


Depois que o Michel Jackson morreu eu prometi pra mim mesmo que não deixaria de ir em um show que eu quisesse e viesse pra cidade...e assim tem sido.






Em casa mesmo eu não vivo sem música, dou preferência ao rádio ligado à TV, sempre!! Meu youtube tem moitas, mooooitas músicas salvas e eu tenho um pendrive que vale ouro!! Com mais de 320 músicas do coração - e ainda está crescendo - que já ajudou a fazer algumas festinhas dos mais variados tipos. rsrs



Já tentei tocar violão, até comprei um, aprendi 2 músicas e estacionei-o. Fiz uma troca maluca na OLX por um teclado elétrico, pois meu sonho é tocar piano, mas aprendi as notas musicais e estacionei-o também. Porém esse vai voltar, porque sonho é sonho e, principalmente, eu tenho dedos de pianista!rsrs É sério!!

Sala São Paulo pra ouvir Chopin.

O melhor de todos, pra mim, ainda é o do U2. Primeiro que era um desejo antigo, depois porque muitas músicas deles me emocionam profundamente e terceiro porque o palco era 360º e o telão de alta definição era tão absurdamente maravilhoso que....pelo conjunto, continua sendo o the best (e o mais caro também)!!



O mais emocionante foi o do Stevie Wonder. Um, porque suas músicas me remetem à infância, dois, porque ele tem uma presença de palco sensacional - ele é super simpático, três, porque ver jovens cantando seus sucessos enche o coração de quem gosta de música boa de esperança rs, quatro, porque o show estava vazio e o vimos de pertinho e cinco, porque fazia uma noite deliciosa!!



Shows podem ser caros, baratos, gratuitos (e Graças a Deus aqui em SP temos muito disso), mas, sempre serão deliciosos. Sempre terá aquela energia deliciosa, seja vendo o artista láaaaa de longe ou bem de pertinho, show sempre será um show e, se Deus quiser, eu sempre estarei lá, pois a música tem o poder de me fazer meditar, me transporta, muda ânimos, me faz sorrir, dançar, viajar, arrepia, alegra, tem o poder de encher o coração de MUITO amor!


Obrigada, Senhor!!!

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

QUARENTA milhões de motivos pra agradecer!!!

Viveeeeeeerrrrrr
e não ter a vergonha de ser felizzzzzz
Cantaaaar e cantar e cantar
A beleza de ser um eterno aprendiz....


Ai meu Deus
Eu seeeeeiiii
Que a vida devia ser bem melhor
E será!


Mas isso não impede que eu repita
É bonita (linda!)
É bonita (linda!)


E é bonita!!!!!!!


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Ciência da Felicidade - O poder da gratidão.

Me emocionei demais vendo esse vídeo.
Eu sou muito agradecida, MUITO. Será que, por isso, sou uma pessoa feliz? Juro que não sei.

E ele me fez pensar....pra quem eu ligaria pra agradecer??

Eu ligaria pra duas pessoas.

Ligaria pro meu ex namorado, que, com muita paciência e insistência (porque a cabeça aqui é mais dura que pedra) me apresentou a JESUS. Nossas vidas se distanciaram mas continuo sendo MUITO grata à ele, provavelmente ele nem saiba o quão grata eu sou e o bem tão grande que ele me fez.

E a segunda pessoa é meu ex chefe. Trabalhei com ele por 10 anos e aprendi que uma pessoa pode estar no poder e não perder a humildade, que é possível nadar contra a corrente e fazer as coisas certas mesmo quando a maioria optaria pelo errado. Ele foi o chefe mais íntegro e correto que eu conheci, o cara mais inteligente, formou uma família maravilhosa e carinhosa, um professor nato, um eterno estudioso, um cara que se se candidatasse à presidência do país eu votaria com os olhos fechados, um cara que não tem quem fale um A sobre a sua pessoa, quem mesmo sendo chefe nunca se esqueceu de pedir "por favor", dizer "obrigado, Deus te abençoe" - e antes de eu casar ele me dizia: "quando casar o marido é seu"!rs

Sou eternamente grata à Deus por ter cruzado meus caminhos com os destas pessoas.

E, claro, agradecida diariamente por ter um Pai querido e misericordioso, que me abraça e dá forças pra seguir sempre a diante, que sempre coloca estes e mais outros tantos anjos na minha vida. Um Deus que me ouve, me fala, me mostra, me guia, me abençoa e JAMAIS me abandona. Por Ele ter me feito quem sou: forte, capaz, resiliente, amante dos detalhes, e muito, muito cheia de gratidão!




Obrigada, Senhor!!!!

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Espelho, espelho meu....

...existe alguém mais empolgada em chegar aos 40 do que eu??



FALTAM 3 MESES!!! 
\O/


Obrigada Senhor!!



sexta-feira, 16 de outubro de 2015

It's UP 2 you...

Tantas (mas taaantas) fotos...
Algumas perdidas...
Que em algum momento a gente se dá conta dos detalhes...


                                                    ...deliciosos e inesquecíveis detalhes.


40 graus positivos ou 15 negativos...verão ou inverno...


The city that - I love and it's true - never sleeps.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Sem "mas, Mas, MAS...": Aquele que nunca tenha cometido algum pecado, que atire a primeira pedra.

Resgate o controle da sua vida (adaptação/resumo do livro do Augusto Cury)

Nossa espécie tem o privilégio de ser uma espécie pensante entre milhões de espécies na natureza, mas, infelizmente, ela nunca honrou adequadamente a arte de pensar. As discriminações que sempre mancaram nossa história são um testemunho evidente de que não honramos essa fascinante arte.


Talvez você nunca tenha ouvido falar sobre isso, mas se apaixonar pela vida e pela espécie humana são condições fundamentais para se ter alta qualidade de vida e sabedoria.


Por favor, lembre-se sempre disto:
1-a vida que pulsa dentro de nós, independente de nossos erros, acertos, status e cultura é uma jóia única no teatro da existência;
2-cada ser humano é um mundo a ser explorado, uma história a ser compreendida, um solo a ser cultivado.


Um "eu" doente, sem estrutura e maturidade é indeciso, inseguro, instável, impulsivo, ansioso, escravo dos pensamentos e das emoções destrutivas. Mesmo intelectuais, executivos e líderes sociais podem ter um "eu" doente ou imaturo.


Pensar é transformar-se. O problema é que podemos mudar para pior. Devido ao volume de idéias perturbadoras, muitas pessoas deixam, pouco a pouco, de serem alegres, livres, motivadas, singelas, ousadas. Em qualquer época da vida, podemos adoecer se não trabalharmos nossas perdas,decepções, crises.


Milhões de pessoas nunca aprenderam que podem e devem gerenciar seus pensamentos e emoções. Como serão líderes de si mesmas se não se conhecem minimamente? Como evitar que tenham transtornos psíquicos se não têm ferramentas para se defender ou se resolver?


Muitos investem toda a sua energia na sua empresa ou na sua profissão. Tornam-se máquinas de trabalhar (workaholic).  Não investem na sua tranqüilidade e no seu prazer de viver nem nas suas relações. São admirados socialmente, mas têm péssima qualidade de vida. Empobreceram no único lugar onde não podemos ser miseráveis: na nossa mente. São ansiosos, irritados, inquietos, insatisfeitos. A maioria deles promete para si que corrigirá seus caminhos, mas nunca os corrige. Por fim, alguns morrerão e se tomarão os mais ricos e bem sucedidos de um cemitério. Triste história!


Jesus viveu intensamente a primeira lei da qualidade de vida. Compreendeu como nenhum outro pensador da história a excelência da vida. Cada ser humano, independente dos seus erros, era para ele uma jóia.
Teriam tantas chances quantas fossem necessárias. Mesmo sendo frustrado pelas pessoas, jamais desistiu delas. Ele cria que valia a pena investir em cada ser humano, ainda que a sociedade quisesse eliminá-Lo como lixo social. 


Milhares de judeus eram lúcidos e sensíveis. Eles amavam profundamente a Jesus. Mas havia um grupo de líderes, os fariseus, que o odiavam, tinham aversão pelo seu comportamento afetivo e tolerância. Como Jesus era socialmente admirado, eles precisavam ter um forte álibi para condená-lo sem causar uma revolta social.


Depois de maquinar, prepararam uma armadilha psíquica quase insolúvel: Pegaram uma mulher que foi pega em flagrante adultério. Eles arrastaram-na para um lugar aberto, para o Iocal onde o Mestre dos mestres ensinava uma grande multidão. Interromperam abruptamente a sua aula. Colocaram a mulher toda esfolada no centro da sua classe ambiental.  Sob os olhares espantados dos presentes, eles proclamaram altissonante que ela fora pega em adultério e, segundo a lei, teria de morrer. Sutilmente, olharam para Jesus e fizeram-lhe uma pergunta fatal: "Qual seria o seu veredicto?".


Nunca haviam pedido para Jesus decidir qualquer questão, mas fizeram essa pergunta para incitar a multidão contra ele e para que, assim, ele fosse apedrejado junto com ela. Sabiam que ele discursava sobre a compaixão e o perdão como nenhum poeta jamais discursara. Se ele se colocasse ao lado dela, teriam como justificar a sua morte. Se condenasse a mulher, iria contra si mesmo, contra a fonte do amor sobre a qual discursava. A multidão ficou paralisada.


O que você faria se estivesse sob a mira de um revólver? Ou, então, que atitude tomaria se fosse despedido subitamente? Que reação teria se alguém que você ama muito lhe causasse a maior decepção da sua vida? Que comportamento teria se tudo o que você mais valoriza estivesse por um fio, corresse o risco de ser perdido subitamente?


O Mestre dos mestres da qualidade de vida estava sob o fio da navalha. O drama da morte o rondava e, o que era pior, poderia destruir todo seu projeto de vida. Os seus opositores estavam completamente dominados pela raiva. A qualquer momento, as pedras seriam atiradas, as cenas de terror se iniciariam. Foi nesse clima irracional que Jesus foi cobrado para dar uma resposta. Todos estavam impacientes, agitados, esperando suas palavras. Mas a resposta não veio... 

Nunca se esqueça disso. Seus maiores erros não foram cometidos enquanto você navegava nas calmas águas da emoção, mas enquanto atravessava os vales da ansiedade. São nesses momentos que dizemos palavras que nunca deveriam ter sido ditas.
 

Jesus voltou-se para dentro de si, dominou sua tensão, preservou-se do medo, abriu as janelas da sua memória e resgatou a liderança do "eu". Pelo fato de ter resgatado a liderança do "eu", teve uma atitude inesperada naquele clima aterrorizante: começou a escrever na areia. Era de se esperar tudo, menos esse comportamento. Seus opositores ficaram perplexos.


Somente alguém que sabe ter domínio próprio e fazer escolhas é capaz de encontrar um lugar de descanso no centro de uma guerra. 
Seus gestos desarmaram seus inimigos. O foco de tensão foi pouco a pouco dissipado. Eles começaram a sair da esfera instintiva, do desejo de matar, para a esfera da razão. Desse modo, como um artesão da inteligência, o Mestre dos mestres preparou o terreno da inteligência deles para um golpe fatal. Golpeou-os com uma lucidez impressionante.  Disse-lhes: "Aquele que dentre vós estiver sem pecado (erros, falhas, injustiças) seja o primeiro que lhe atire pedra!". Ele teve uma coragem inusitada ao dizer essa frase. Ela poderia ter sido apedrejada na sua frente repentinamente. Mas ele só fez isso após debelar o foco de tensão emociona! deles.


Eles ficaram pasmados. Ele os autorizou a atirar pedra nela, mas mudou a base do julgamento. Teriam de pensar antes de reagir. Teriam de avaliar a história deles para depois julgá-la. Jesus fez uma engenharia intelectual que eles não perceberam, pois envolveu processos inconscientes.



Ao olhar para o espelho da sua alma para depois condenar a mulher, eles exerceram uma das mais importantes funções da inteligência: colocar-se no lugar dos outros. Assim, mergulharam para dentro de si, viram suas fragilidades, reconheceram sua injustiça. Dominaram temporariamente sua agressividade, saíram de cena, não a mataram. Atitudes como essas revelam uma face desconhecida de Jesus Cristo. Ele não apenas foi o Mestre dos mestres da qualidade de vida, mas também o maior promotor de saúde mental de que se tem conhecimento.

 
Painel I  - Reflita sobre os seguintes pontos: (Não tenha medo de trocar de experiências, e contar suas dificuldades)


1. A vida é uma jóia única. Você tem investido em qualidade de vida ou tem sido uma máquina de trabalhar? Qual o valor real que você dá para sua vida e para as pessoas que ama?

2. Toda discriminação é desinteligente, Você sentiu ou se sente inferior às pessoas?

3. Resgatar a liderança do "eu" é tomar decisões conscientes.  O que mais a perturba hoje? Que decisões você tem adiado na sua vida?

4. Um "eu" frágil não tem metas, objetivos, não intervém dentro de si mesmo, perpetua suas misérias psíquicas, Você é irritado e ansioso? É impulsivo e intolerante? Cobra demais de si mesma? Cobra excessivamente das pessoas? Que características de sua personalidade você deseja superar?

5.  O amor era o fundamento da sabedoria de Jesus. Quanto você ama a vida?

6.  Jesus usava o silêncio para pensar antes de reagir e resgatar a liderança do "eu", Você usa o silêncio nas situações tensas? Você consegue ter domínio próprio e surpreender seus colegas de trabalho e seus familiares quando eles o decepcionam?
 


Painel II  - Exercícios para praticar
 
1. Quais dessas características você precisa desenvolver?
( ) Ser capaz de reconhecer a grandeza da vida e da história fascinante que cada ser humano possui inscrita em sua memória.
( ) Ser capaz de construir e seguir metas claras. Não ter uma vida sem direção.
( ) Ser capaz de fazer escolhas para atingir suas metas. Ter consciência de que toda escolha implica em perdas e não apenas em ganhos.
( ) Ser capaz de tomar decisões e corrigir rotas sociais, profissionais e afetivas.
( ) Ser capaz de reconhecer seus limites, falhas, atitudes incoerentes. Reconhecer suas doenças psíquicas. Ter consciência de que o pior doente é aquele que nega a sua doença.
( ) Ser capaz de não desistir da vida, mesmo diante das perdas, dificuldades, decepções. Acreditar sempre na vida.
( ) Ser capaz de ser transparente. Não se esconder atrás do sorriso maquiado, posição social, conta bancária.
( ) Ser capaz de ter domínio próprio. Não ser controlado pelo ambiente, circunstâncias e conflitos internos.
( ) Ser capaz de liderar a si mesmo, antes de liderar o mundo de fora.
 
2. Faça uma lista das decisões que você tem adiado e que precisam ser tomadas.

3. Treine aprender a pensar antes de reagir. Treine usar a ferramenta do silêncio nos focos de tensão.

4. Todo ser humano, quando constrói um pensamento, é um grande artista, ainda que viva no anonimato. Jamais se sinta inferior às pessoas.
5. Nunca desista das pessoas que você ama e nunca desista de si mesmo.

6. Não seja escravo dos seus conflitos. Tenha uma personalidade lúcida e crítica, que sabe o que quer.

7. Enfrente com dignidade suas dores, dificuldades, angústias, humor triste, pensamentos negativos. Não tenha medo de suas mazelas psíquicas; mas, sim, receio de ser omisso, de não ser autor da sua história.





 

domingo, 4 de outubro de 2015

I really hope to find you...


“Quero que vá tomar cerveja com seus amigos para que no dia seguinte tenha ressaca e me peça que vá lhe ver porque deseja ter-me entre seus braços e que acariciemos um ao outro. Quero que conversemos na cama pela manhã, sobre todo tipo de coisas, mas algumas vezes, pela tarde, quero que cada um faça o que quiser durante o dia.
Quero que me fale sobre as noites em que você sai com seus amigos. Que me conte que havia uma menina no bar que te olhava. Quero que me mande mensagens quando estiver bêbado com seus amigos e que me diga besteiras, apenas para que possa ficar seguro de que eu também estou pensando em você.
Quero que ríamos enquanto fazemos amor. Que comecemos a rir porque estamos provando coisas novas e que não têm sentido. Quero que estejamos com nossos amigos, para que pegue na minha mão e queira me levar a outro local, porque já não pode aguentar-se e tem vontade de fazer amor comigo ali mesmo. Quero ter de permanecer em silêncio porque há pessoas e ninguém pode nos ouvir.
Quero comer com você, que me faça querer falar sobre mim e que você fale sobre você. Quero que discutamos sobre qual é o menor: a costa norte ou a costa sul, a parte ocidental ou a oriental. Quero imaginar o apartamento de nossos sonhos, mesmo sabendo que provavelmente nunca vivamos juntos. Quero que me conte seus planos, esses que não têm nem pé, nem cabeça. Quero surpreender-me dizendo “Pega seu passaporte que estamos indo”.
Quero ter medo com você. Fazer coisas que não faria com ninguém mais, porque com você me sinto segura. Voltar para casa muito bêbada depois de uma noite divertida com amigos. Para que coloque a mão no meu rosto, me beije, me use como travesseiro e me abrace bem forte durante a noite.
Quero que tenha sua vida para que decida viajar algumas semanas, apenas por capricho. Para que eu fique aqui, sozinha e chateada, desejando que salte sua carinha no Facebook me dizendo “oi”.
Não quero que sempre me convide para suas noitadas e não quero convidar você para as minhas. Assim, no dia seguinte, posso contar como foi minha noite e você também pode contar-me como foi a sua.
Quero algo que seja simples e, uma vez ou outra, complicada. Algo que, por alguns minutos, me faça fazer perguntas a mim mesma, mas no momento que estiver com você em um mesmo local, desapareçam todas as dúvidas. Quero que pense que sou bonita e que fique orgulhoso ao dizer que estamos juntos.
Quero que me fale te amo e, acima de tudo, poder dizer isso a você. Quero que me deixe andar na sua frente para que possa ver como meu corpo se mexe. Para que me deixe raspar as janelas do meu carro no inverno, porque meu bumbum balança e isso te faz sorrir.
Quero fazer planos sem saber se no fim os realizaremos. Estar em uma relação clara. Quero ser essa amiga que você adora ficar. Quero que siga tendo desejo de paquerar outras meninas, mas que procure a mim para terminar o dia. Porque quero ir contigo para casa.
Quero ser aquela que você faz amor e depois dorme. A que te deseja paz quando está trabalhando e a que fica encantada quando você se perde no seu mundo de músicas. Quero ter uma vida de solteira com você. Porque nossa vida de casal seria igual às nossas vidas de solteiros de agora, só que juntos.
Um dia te encontrarei”.
By Isabelle Teissier

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Resiliência...e muita fé!!!

A Montanha - Roberto Carlos

Eu vou seguir uma luz lá no alto
Eu vou ouvir uma voz que me chama
Eu vou subir a montanha e ficar
Bem mais perto de Deus e rezar

Eu vou gritar para o mundo me ouvir e acompanhar
Toda a minha escalada e ajudar
A mostrar como é
O meu grito de amor e de fé

Eu vou pedir que as estrelas não parem de brilhar
E as crianças não deixem de sorrir
E que os homens jamais
Se esqueçam de agradecer

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, por mais um dia
Obrigado, Senhor, que eu posso ver
Que seria de mim
Sem a fé que eu tenho em Você?

Por mais que eu sofra
Obrigado, Senhor, mesmo que eu chore
Obrigado, Senhor, por eu saber
Que tudo isso me mostra
O caminho que leva a Você

Mais uma vez
Obrigado, Senhor, por outro dia
Obrigado, Senhor, que o sol nasceu
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, pelas estrelas
Obrigado, Senhor, pelo sorriso
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Mais uma vez
Obrigado, Senhor, por um novo dia
Obrigado, Senhor, pela esperança
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, pelo sorriso
Obrigado, senhor, pelo perdão
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Mais uma vez
Obrigado, senhor, pela natureza
Obrigado, Senhor, por tudo isso
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

-----------------------------------------

Porque eu não me canso de agradecer, de acreditar, de ter fé, não me canso de ter um coração cheio de esperança e amor. O melhor está por vir e NUNCA me faltarão motivos pra agradecer.
Por mais que eu sofra, por mais que eu chore, eu nunca deixo de sentir a presença e o grande amor que Deus tem por mim.

OBRIGADA SENHOR!!!!


sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Quem quer, dá um jeito! Ow se dá!!

Quem quer não adia, aparece. Quem quer te ver agora, não vai deixar pra amanhã, mesmo que a distância seja incalculável ou já seja tarde pra isso. Quem quer, não deixa pra depois o que pode ser feito agora. Quem quer ficar, fica sem que a gente precise implorar. Quem quer cuidar, simplesmente cuida. Quem quer, provavelmente não vai suportar a saudade, não vai poupar sentimento e entrega pra te ter. 
Quem quer, arruma um jeito. Quem sente vontade, faz saudade virar encontro, faz cinema virar motel, faz o cansaço virar amasso, faz dias frios mais quentes. Quem quer é capaz de viajar 100 quilômetros só pra te ver, e não interessa se o tempo fechou tão rápido, quem quer não vai pensar duas vezes em te ver hoje ou deixar pra próxima semana. Quem quer, não vive de conversas, não perde tempo, não arruma mil e uma desculpas pra justificar que não vai dar pra te ver hoje porque o dia foi cansativo demais.
Quem tem saudade do teu sorriso não se contenta só em ouvir a tua voz pelo celular, quem quer estar com você sentirá necessidade de te ver pra conversar sobre como foi o seu dia, sobre todas as coisas que te fez perder a cabeça e vai entender que é melhor te abraçar nos momentos mais difíceis do que te mandar um ''fica bem'' por mensagem. Quem quer te fazer bem, vai bater na tua porta com chocolates que comprou no meio do caminho pra tua casa e cervejas - é que o dinheiro era pouco e o vinho era caro. Quem quer realmente te ver, não esperará por um feriado ou por dias melhores que não tenham provas, nem muito trabalho pra fazer.
Quem quer te ver, não vai se lamentar, vai vestir a roupa mais próxima e sair com sorriso mais sincero ao teu encontro. Quem quer, não vai reservar um tempinho pra você ou um horário fixo pra te ver, vai te reservar a vida e vai te ensinar que quando a gente ama, a gente não mede esforços, a gente não quer o outro pra preencher aquele espaço que sobra na cama ou aquele tempo vago nos finais de semana. Quando a gente quer, a gente aceita o outro pra somar na vida, pra abrigar e torna-se abrigo, pra unir dois mundos.
Quem quer ficar, vai fechar os olhos em teu peito e permitir, sem medo, acordar só noutro dia. Quem quer, vai fazer corpo mole pra não levantar da cama e não sair da tua vida, vai roubar tuas manhãs, vai jogar os braços por cima de você e quando você perguntar se a posição da tua cabeça tá doendo nele, ele vai te responder que não. Quem quer ficar na tua vida, não pensará duas vezes antes de entrar. Ficará pro café da manhã e se possível pro jantar, é que o gosto do teu beijo vicia e ele seria burro em não prová-los ao máximo.
Quem quer ficar, vai encostar a cabeça em teu ombro e vai te deixar descobrir todos os medos e segredos, erros e defeitos, vai apertar a tua mão pra tentar te dizer algo em silêncio, e vai se despedir de você sem te tirar nada, te permitindo a liberdade e te deixando com aquela sensação de querer viver tudo e mais um pouco ao lado dela. Quem quer você, tem vontade de te repetir, de tomar todos os gostos com teu sabor, de provar todas as aventuras com você sem te dizer que precisa pensar, sem te dizer: ''hoje não dá'', ''deixa pra amanhã'', ''não tô a fim''. Porque quem quer, arruma um jeito. Quem não quer, arruma uma desculpa.

Tirado daqui, ó: 
http://lounge.obviousmag.org/iande_albuquerque/2015/08/quem-quer-arruma-um-jeito-quem-nao-quer-arruma-uma-desculpa.html


domingo, 30 de agosto de 2015

Vida


Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas 
que eu nunca pensei que iriam me decepcionar,
mas também já decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
e amigos que eu nunca mais vi.

Amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
e quebrei a cara muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida.
E você também não deveria passar!

Viva!!

Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é muito para ser insignificante.


Uma semana abençoada, de muita coragem, força e fé pra todos nós!! Amem!!



terça-feira, 11 de agosto de 2015

terça-feira, 28 de julho de 2015

Pequenas GRANDES coisas.

Que eu gostaria de ver,
Que eu gostaria de comer,
Que eu gostaria de aprender,
Que eu gostaria de viver...

TUDO!!!



Sou APAIXONADA por esses vídeos!

sábado, 25 de julho de 2015

Nem eu, Bob!!

I don't wanna...

I don't wanna...

I don't wanna wait in vain...



domingo, 5 de julho de 2015

Yes I Am!!!

Que eu era assim eu já tinha percebido, só não sabia que tinha a ver com meu nome. 

Se quer crescer comigo, vem junto. Será puxado pois o caminho é íngreme e tortuoso, nível hard, mas garanto alcance ao topo regado à muita diversão pelo caminho (sem risada deve ser chato demais rs).
Se não aguentar o tranco (que, por breve momento, pode acontecer comigo também) eu vou oferecer ajuda pra continuarmos no mesmo passo, mas, se propositalmente quiser atrasar a minha subida ....hummm, bem...é melhor pedir pra sair!
Ou, saia sem pedir!!

quinta-feira, 4 de junho de 2015

E a vida? É bonita! É bonita e é bonita!

Engraçado, dia 2 de abril eu fiz o post sobre...

recomeçar...
sobre fazer doces...
praticamente fazer do limão uma caipirinha...das boas!!
Eu nem sabia que, em poucos dias, a minha vida realmente iria mudar!!

Um sinal? TALVEZ!
Receio? SIM!
Medo? NÃO!

Não acredito em acaso!

Pra mim, T-U-D-O tem uma razão de ser!

A vida mudou...e mudou de novo e, mais uma vez, to dançando nela....

Feliz!
Sacudida!
No ritmo!
Empenhada!
Motivada!
Determinada!

Acreditando que o melhor....está por vir!!

Graças a Deus!!!



quinta-feira, 2 de abril de 2015

Cora Coralinda

Recria tua vida, sempre, sempre. 

Remove pedras e planta roseiras e faz doces.

Recomeça.

(Cora Coralina)
_____________________________________________________

O poder de recomeçar...
...de fazer doces...

E desses eu entendo bem.
Graças a Deus!!!